O Equador disse “não” ao bolivarianismo

0
68

A eleição do banqueiro Guillermo Lasso como novo presidente do Equadorsignifica muito mais o voto anti-Rafael Correa (representado pelo seu herdeiro político, Andrés Arauz) do que um triunfo propriamente dito do candidato liberal. Foi um “não” a um retorno do país ao bolivarianismo, ideologia criada pelo ex-presidente venezuelano Hugo Chávez e que angariou adeptos pela América Latina nas primeiras décadas do século 21, entre eles Correa.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here