77.3 F
New York
Tuesday, July 23, 2024

Rebeca Andrade fatura medalha de ouro no salto no Pan 2023

Última a se apresentar, brasileira brilha em Santiago, no Chile, com excelente apresentação, desbanca americana Jordan Chiles e sobe ao topo do pódio

- Advertisement -spot_imgspot_img

Rebeca Andrade faturou sua primeira medalha de ouro em uma edição de Jogos Pan-Americanos, em Santiago, no Chile. A brasileira alcançou uma média de 14.983 (15.333 e 14.633), nesta terça-feira, na prova de salto sobre a mesa, e adicionou mais um título à coleção. Agora, a ginasta é campeã olímpica, mundial e pan-americana. Jordan Chiles (14.150), dos Estados Unidos, e Natalia Escalera (13.333), do México, terminaram com a prata e o bronze.

Última atleta a entrar em ação, Rebeca Andrade precisava superar a americana Jordan Chiles, que assumiu a liderança ao marcar 14.150. E logo no primeiro salto a representante do Brasil desbancou a adversária. A ginasta saltou com perfeição e cravou os pés no solo, recebendo a nota de 15.333.

No segundo salto, Rebeca Andrade, já ciente de que havia assumido a liderança, assinalou 14.633 (média de 14.983) e comemorou o resultado. O Brasil não subia ao lugar mais alto do pódio em um Pan desde a edição de 2007, no Rio de Janeiro, com Jade Barbosa. 


Classificação final do salto feminino:

  1. Rebeca Andrade (Brasil) – 14.983
  2. Jordan Chiles (EUA) – 14.150
  3. Natalia Escalera (México) – 13.333
  4. Ahtziri Sandoval (México) – 13.216
  5. Franchesca Santi (Chile) – 12.483
  6. Camil Betances (República Dominicana) – 12.349
  7. Lucila Estarli (Argentina) – 11.966
  8. Makarena Pinto Adasme (Chile) – 11.966

Nory leva a prata, e Yuri Guimarães fica em último

O susto na prova do individual geral ficou para trás. Arthur Nory levantou, sacudiu a poeira e deu a volta por cima no solo faturar a medalha de prata. A felicidade do ginasta ao terminar a sua apresentação já sinalizava que havia grandes chances de chegar ao pódio. O brasileiro teve uma ótima performance, anotou 13.933 e ficou em segundo lugar, atrás do canadense Felix Dolci (14.233), dono de mais um ouro no Pan. O bronze ficou com o colombiano Juan Larrahondo.

- Advertisement -spot_imgspot_img

Latest news

- Advertisement -spot_img

Related news

- Advertisement -spot_img

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here